Identificação projetiva - alguns aspectos clínicos

Por Luana Menezes Guedes¹

É dominada pela necessidade do bebê de afastar ansiedades e impulsos, através da cisão do objeto - originalmente a mãe, bem como do self, da projeção dessas partes escindidas para dentro de um objeto, que é então sentido como, ou identificado como - essas partes escindida, o que colore a percepção que o bebê tem do objeto e sua subsequente introjeção.

Administrador
Leia mais
Algumas considerações clínicas sobre os autores pós- kleinianos

Por Andreia Rodrigues dos Santos1

H. S. em seu trabalho demonstra que existem aspectos depressivos na esquizofrenia. Dentro da posição esquizo-paranoide, pode haver um núcleo depressivo que é atingindo pelas interpretações das ansiedades persecutórias e seus mecanismos de defesa. O acesso a P.D. é momentâneo e cíclico.

Administrador
Leia mais
Luz, Câmera e Divã

Por Ingrid Ramos1

A formalidade no falar e a cor branca por todos os pontos onde os olhos batem não ajuda quando se trata em encontrar seu melhor amigo depois de anos. Definitivamente os consultórios médicos são gelados e esfriam todos os sentidos.

Administrador
Leia mais
EPP no Jornal da Cidade - Bauru

Por Cinthia Milanez

I Encontro Regional em Bauru/SP 14/05/16. 
A EPP e o ISF promoveram o I Encontro Regional na cidade de Bauru/SP "A clínica psicanalítica na atualidade".
Neste evento foram apresentados trabalhos, supervisões públicas, conferências entre outras atividades.
Leia matéria completa abaixo...

Administrador
Leia mais
Este é o meu corpo

Por J. P. Coutinho1

Contemplo exércitos de infelizes que marcham para dentro da academia em busca de formas perfeitas. Caro leitor: você está contente com o seu corpo? Pense bem. Olhe-se bem. Os ingleses não estão.

Administrador
Leia mais
Por que sentimos inveja dos outros?

Por Camilo Rocha1

A inveja é uma das nossas vilãs preferidas, desde tempos imemoriais. A ideia do “olho mau” aparece em registros de diferentes povos do mundo antigo, sempre como algo do qual precisamos nos proteger¹.

Administrador
Leia mais
As perversas chuvas de verão

Por Ale Esclapes1

Donald Meltzer definiu de uma forma muito particular a perversão na psicanálise, e John Steiner seguindo seus passos fez uma excelente contribuição à psicanálise ao se inspirar em Bion. Esses três autores nos legaram uma nova interpretação do mito de Édipo – este mito seria menos sobre desejos que sobre verdades.

Administrador
Leia mais