Ementa e Vídeos

by Administrador

Ementa: nesta II Jornada a EPP juntamente com o ISF trataram da "Histeria" a qual se impôs como um quadro que deve ser compreendido e analisado partindo-se das dinâmicas contemporâneas. Longe de ter acabado junto com o século XX, este tema está mais presente do que nunca na prática atual da psicanálise

Metaforicamente, pode-se dizer que a psicanálise é filha legítima da histeria. Para alguns, a metáfora não termina aí: há quem diga que a mãe morreu após o parto. Será? Seria estranho decretar o fim de um sintoma que acompanha a civilização há tanto tempo.
Papiros egípcios datados de 1900 a.C. já continham descrições de “doenças de mulheres”, que hoje são conhecidas como manifestações histéricas (MELMAN, 1985) e a partir disso podemos ter uma ideia de quanto tempo estamos falando sobre esse tema. Desde então a histeria acompanhou as modificações que ocorreram na sociedade, variando de aparência, nomenclatura e atores envolvidos no trato.

Mesa I:
- Performance ou realidade - uma investigação
Patrícia Alves de Oliveira

- O ressentimento de uma experiência de rejeição; um caso de ferida narcísica
Marcelo Moya



Mesa II:
- Encontros e desencontros - a relação analítica a partir da perspectiva de Martin Buber
Ale Esclapes

- O comportamento histérico e o relacionamento interpessoal
Juliana Siqueira Breda

Mesa III:
- Um mundo perdido
Estela da Silva Gheno

- A face que o espelho oculta
Tatiana Mestriner



Mesa IV:
- Uma mulher insatisfeita
Edith Modesto

- Pais de filhos gays no divã - suas dificuldades e seus desafios
Ana Cristina D´Almeida

 

Lançamento do livro: Continuo Errando?
Com o médico, escritor e psicanalista formado pela EPP - Dr. André Marroig.

Realização: Escola Paulista de Psicanálise-EPP, Instituo Sándor Fereczi-ISF e parceria Livraria Martins Fontes Paulista.

Data/horário: Sexta-feira (21/11/14) 18:00hs. - 21:00hs. e Sábado: (22/11/14) 10:30hs. - 18:00hs.
Local: Auditório da Livraria Martins Fontes Paulista* - Av. Paulista, 509 (ao lado da estação Brigadeiro do Metrô - Linha Verde)
*Entrada franca, aberto ao público em geral e emissão de certificados (enviados posteriormente por e-mail mediante a solicitação).